Centro de Juventude em Niafourang: Project Niafourang

Arquitecto(s): Project Niafourang
Localização: Niafourang, Senegal
Ano: 2011
Cliente: Friends of Niafourang
Programa: Centro Comunitário
Área: 250 m²
Estado: Construído
Design: Tore Hanssen Grimstad, Andreas Brunvoll, Assad Ansar
Outros: Patrocinadores – Lund + Slaatto Arkiteker. Universidade Associada: NTNU (Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia)


O Centro de Juventude é projecto elaborado por três amigos estudantes que tinham o objectivo de melhorar as condições de vida da aldeia de Niafourang, no Senegal. O projecto, à semelhança de outros do mesmo teor, contou com o apoio da população durante a sua construção. Tal envolvimento foi fundamental, sendo que a população nativa é detentora do conhecimento de técnicas para trabalhar o material local, e estimulou o sentido de pertença pelo objecto arquitectónico que se construiu.

Vista nocturna do Centro de Juventude. Fonte aqui.

Segue a tradução livre do texto do autor.

A população de Niafourang tem aproximadamente 300 habitantes. A aldeia é muito pobre e os moradores geralmente vivem lado a lado. A população alimenta-se do que provém dos campos de arroz e de peixe do rio próximo. A região tem uma vegetação exuberante devido ao seu clima tropical. A taxa de desemprego é alta pois muitos jovens deixam Niafourang para encontrar trabalho noutro lugar.

Localização do Senegal no continente africano e de Niafourang no Senegal. Fonte aqui.
Vista aérea do local da implantação do Centro de Juventude. Fonte aqui.
Comunidade de Niafourang no Centro de Juventude. Fonte aqui.

Em Dezembro de 2010, três estudantes de arquitectura da NTNU juntaram-se a Hilde-Huus Hansen para criar um Centro da Juventude. Hilde lidera uma organização sem fins lucrativos: Friends of Niafourang, que trabalha para melhorar as condições para a juventude local e criar oportunidades de emprego na aldeia. O seu objectivo era criar um Centro da Juventude em Niafourang que incluísse uma sala de informática, uma biblioteca e uma sala maior polivalente. A intenção era criar oportunidades, empregos e desenvolver a aldeia. Um aspecto importante do projecto foi envolver a comunidade local nas etapas de construção e planeamento, a fim de criar um senso de propriedade e orgulho no edifício resultante.

Comunidade de Niafourang. Fonte aqui.
Comunidade de Niafourang. Fonte aqui.
Comunidade de Niafourang envolvida na construção do Centro de Juventude. Fonte aqui.

O edifício começou a ser construído logo após a chegada dos estudantes e durou dez semanas. Não há electricidade na vila, portanto, além do uso de uma broca alimentada por bateria, nenhum dispositivo eléctrico foi usado. Houve um grande entusiasmo em torno do projecto e toda a comunidade da aldeia participou do trabalho voluntário.

Crianças à janela do Centro de Niafourang. Fonte aqui.
População envolvida na Construção do Centro de Juventude. Fonte aqui.
Crianças numa das fachadas do Centro de Juventude. Fonte aqui.

As paredes foram construídas com blocos de terra comprimida e uma pequena quantidade de cimento. Os blocos foram prensados manualmente usando uma máquina local com terra escavada em uma vala próxima. As janelas estão posicionadas nas partes inferiores das paredes com molduras profundas, para que possam ser usadas para se sentar. Os suportes de aço foram feitos sob medida numa vila próxima e sustêm o telhado. O telhado de chapa de zinco estende-se para além das paredes para evitar que a chuva entre no edifício e cria áreas sombreadas para relaxar. Toda a cobertura é levantada para permitir a passagem do ar.

Vista Lateral do Centro de Juventude. Fonte aqui.
Comunidade de Niafourang. Fonte aqui.
Vista lateral do Centro de Juventude. Fonte aqui.

Debaixo do telhado saliente, um cinto de betão envolve o edifício criando uma plataforma sombreada. O telhado prolonga-se para incluir um segundo andar fora das paredes da sala multiusos. O acesso ao segundo piso é feito por uma escada externa e funciona como uma extensão da biblioteca / sala de computadores ou da sala polivalente. Pranchas de madeira angulares servem como persianas, impedindo a chuva e a luz directa do sol.

Crianças a brincar no Centro de Juventude. Fonte aqui.
Crianças no Centro de Juventude. Fonte aqui.

O Centro da Juventude está em uso e recentemente teve destaque por apoiar o primeiro festival de música da aldeia.

Planta do Centro de Juventude. Fonte aqui.
Corte A-A. Fonte aqui.

 

Deixar uma resposta

Navegar