Archiprix 2019: Arquitecto angolano entre os galardoados

No passado dia 1 de Junho do corrente, foram atribuídos os prémios para a edição de 2019 do Archiprix Portugal, o prestigiado prémio para trabalhos de fim de curso de estudantes de arquitectura. Entre os galardoados, destacamos a Menção Honrosa atribuída ao recém-formado, pela Universidade Autónoma de Lisboa, arquitecto Paulo César Reis, de nacionalidade Angolana, pelo seu trabalho final do Mestrado, “Sines: Metamorfose de uma Cidade Portuária”, orientado pela professora e arquitecta portuguesa Inês Lobo.

Galardoados e docentes na entrega do prémio. ©  Paulo Reis.

Exposição dos trabalhos na cerimónia de entrega de prémios. ©  Paulo Reis.

Paulo César Reis, foi assim o primeiro estudante africano a ser galardoado no Archiprix Portugal e na sequência do anúncio declarou ter ficado surpreso com a Menção Honrosa e que sente que “é gratificante quando o nosso trabalho árduo é reconhecido, principalmente porque aumenta a motivação para continuar a dar o melhor pela profissão”. O trabalho premiado, “Sines: Metamorfose de uma Cidade Portuária”, aborda literalmente as transformações do Porto de Sines e a sua relação com a envolvente natural e urbana.

O galardoado. Fonte aqui.

O Archiprix Portugal enquadra-se na Rede Internacional Archiprix, que é constituída pelas iniciativas congéneres Archiprix HolandaEspanhaChileEuropa Central (Bósnia Herzegovina, Áustria, Hungria, Croácia)TurquiaItália Rússia, fazendo parte, também, da rede de abrangência global, o Archiprix Internacional.

Poster do Archiprix Portugal 2019. Fonte aqui.

Segue uma descrição do prémio, extraída directamente do site oficial do Archiprix Portugal:

O Prémio Archiprix Portugal distingue anualmente os melhores trabalhos de fim de curso de mestrado apresentados nas áreas de Arquitetura, Urbanismo e Arquitetura Paisagista. O Archiprix é um prémio de temática livre, puramente insitucional e académico que dá visibilidade à diversidade e qualidade académica da mais jovem geração de arquitetos. O Archiprix destaca um coletivo de projetos que espelha os desafios e aspirações de cada Concorrente, Orientador e Instituição de Ensino do território nacional.

Neste sentido o Archiprix estabelece acordos com entidades relevantes na divulgação dos novos talentos da arquitetura conferindo-lhes visibilidade internacional e exposição pública privilegiada.”

O Prémio Archiprix Portugal foi instituído em 2012 pela Fundação Archiprix Roterdão , juntamente com a Fundação Serra Henriques (Lisboa), contando ainda com as colaborações da Ordem dos Arquitectos Portuguesa, da Trienal de Arquitectura de Lisboa, da Casa da Arquitectura, da Docomomo Internacional e com o corpo docente das várias Instituições de Ensino de Arquitectura e Urbanismo portuguesas.

Deixar uma resposta

Navegar