Pavilhão da Paz em Sédhiou: N’guxi ARQ ADPL

Arquitecto(s): N’guxi ARQ ADPL
Localização: Sédhiou, Senegal
Ano: 2019
Programa: Cultural
Área: 300,00 m2
Estado: Projecto.


N’guxi ARQ ADPL, é o nome do colectivo de arquitectura angolano composto por André Nionje, Dionísio Lourenço, Luís Anacleto e Pedro Cruz. O grupo, desenvolveu uma proposta de projecto para o “Concurso Internacional de Arquitectura Kaira Looro – Pavilhão da Paz”, que desafiara ateliers de arquitectura e outros a criar um equipamento cultural com o objectivo de promover a paz em África e no universo em geral, um edifício que inspirasse contemplação, reflexão e oração para aqueles que perderam injustamente as suas vidas.

Pavilhão da Paz I. © N’guxi ARQ ADPL

Segue o  texto sobre o projecto e imagens cedidas pelos autores:

A nossa proposta para o Pavilhão da Paz em Sédhiou foi projetada tendo em conta duas linhas de ação, a relação entre o objeto e o local.
Deste modo, para o objeto, reinterpretamos como referência o conceito dos templos gregos que nos permitiu criar uma proposta equilibrada e multifuncional, em que partindo de dois retângulos de ouro, as áreas para contemplação, reflexão e oração fossem parte integrante e indissociável do projeto.

Organização espacial a partir do rectângulo de ouro. © N’guxi ARQ ADPL

Para  efeito, criamos 54 colunas em que cada uma simboliza um pais africano, expondo de maneira definitiva informações sobre os vários conflitos que cada país teve.
As colunas dão forma ao projeto, que é complementado por uma sala de exposição e outra de sensibilização, com portas sanfonadas de formas a criar se necessário maior privacidade. Ambas as salas, separadas pelo pátio central que alberga a área de contemplação, proporciona o aproveitamento da água, que é feita através de um poço que utiliza métodos tradicionais para a purificação e armazenamento da mesma, que chega a população a partir de um sistema de chafariz localizado no exterior do edifício. Entre as salas e o pátio encontram-se as instalações sanitárias e o depósito.

Pavilhão da Paz, acesso. © N’guxi ARQ ADPL

As aberturas na parte superior das paredes da sala de exposição e sensibilização permitem a ventilação cruzada, bem como o acesso de luz localizada e difusa, sem com isso comprometer a resposta acústica das salas.
O edifício encontra-se elevado 40 cm acima do solo, e o acesso é feito por um par de rampas. Optamos por um sistema de corredores para ligação entre as diferentes áreas, permitindo uma circulação livre com múltiplos acessos.

Pavilhão da Paz, axonometria. © N’guxi ARQ ADPL
Planta de Implantação. © N’guxi ARQ ADPL
Planta de Piso. © N’guxi ARQ ADPL
Corte Longitudinal. © N’guxi ARQ ADPL

Deixar uma resposta

Navegar