Participe: “O Impacto da Pandemia da Covid-19 na Arquitectura, Urbanismo e Ordenamento do Território em Angola”

Com as restrições impostas pela Covid-19 a 3ª edição do Circuito Urbano – uma iniciativa criada em 2018 pela representação da ONU-Habitat no Brasil que pretende promover o debate sobre os temas do Outubro Urbano  – irá realizar-se de forma virtual, com uma série de eventos online que se pretende que ajudem a reforçar o intercâmbio entre vários profissionais de vários países lusófonos. Os eventos serão todos à volta de subtemas derivados do tema global do evento “Cidades Pós-Covid-19: Diálogos entre o Brasil e a África lusófona”.

Material gráfico do evento. Fonte aqui

Entre os vários eventos a serem realizados temos no próximo dia 15 de Outubro (quinta-feira), às 21 horas de Angola, a ser transmitido no canal do Youtube do Circuito Urbano, um evento organizado pelo arquitecto Ilídio Daio (que será também o moderador do debate) com o tema ”O Impacto da Pandemia da Covid-19 na Arquitectura, Urbanismo e Ordenamento do Território em Angola”. Segue a descrição do evento e os respectivos painelistas:

Descrição

A Pandemia da COVID 19, veio a exacerbar e ressaltar as várias deficiência s sanitárias e de saneamento nas periferias dos principais Polos Urbanos, tendo Luanda como caso paradigmático, com quase 1/3 da População do país, onde 80% dos mesmos vivem em condições urbanas muito precárias, onde a falta de saneamento básico, altas densidades construídas e populacionais, sobrelotação das moradias (3 pessoas por cómodo), inacessibilidade para serviços urbanos (bombeiros, recolha de resíduos sólidos, polícia), falta de espaço público e áreas verdes, ventilação cruzada, condições internas de insalubridade, forte dependência do Sector Informal seja pelo auto-emprego ou aquisição de bens e serviços, dificuldade de acesso à segurança alimentar e aos serviços sanitário. um grupo de especialistas abordará de forma holística Medidas de Mitigação do Impacto da COVID 19 em temas como: Planeamento e Gestão Urbana, Habitabilidade Básica, Comércio Informal, Segurança Alimentar, Governança e Higiene.

Moderação

Ilídio Daio
Arquitecto – Angola
Arquitecto pela Universidade Técnica de Lisboa em 1999. Pós-graduação em Habitabilidade Básica pela Universidade Politécnica de Madrid em 2005. Pós-graduação em Planeamento Urbano Sustentável (Banco Mundial 2012). Prémio Kubikuz de Habitação Social Urbana pela Imogestin em 2016. Chefe de Departamento de Planeamento e Gestão Urbana do GTRUC.

Painelistas

Ângela Mingas
Arquitecta – Angola
Arquitecta, Pós-graduada em Antropologia do Espaço, Mestre em Arquitectura pela Universidade do Porto com o tema “Plano de Pormenor de Salvaguarda do Centro Histórico de Luanda” e Doutoranda na Universidade de Lisboa em Planeamento Urbano e Territorial com o Projecto de Tese sobre “Os Signos Espaciais do Musseque: Interpretação do tecido urbano não acreditado do Catambor”.

Filomena Cardoso
Arquitecta – Angola
Professora Auxiliar no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Engenharia da Universidade Agostinho Neto (UAN), onde é professora há 35 anos. Doutoranda em Arquitectura, no Instituto Superior Técnico (IST-UL) com o projecto de tese “Modelo Adaptativo de Conforto Térmico na Habitação. Luanda e Huambo”. Membro do GEOTPU – Grupo de Investigação em Ordenamento do Território e Urbanismo.

Ana Fortes
Arquitecta – Angola
Arquitecta, Mestre pela Universidade de Witwatersrand na África do Sul com o Tema Diáspora e Arquitectura. Doutoranda pela Universidade de Lisboa com o tema – “Reabilitação Sustentável de Centros Urbanos: O caso do centro de Luanda em Angola”. Técnica do Ministério da Construção e Ordenamento do Território em Angola. Co- Coordenou o Gabinete Técnico para implementação do Programa Nacional da Habit.

Yonara Freitas
Engenheira – Angola
Angolana, formada em Engenharia de petróleos e especializada em controlo de qualidade da água, neste momento supervisora de projectos na Química Verde Laboratório, participando da criação do biofiltro de água, produção de sabão ecológico e álcool gel.

Henrique Santos
Arquitecto – Angola
Arquitecto, Mestre em Planeamento Urbano e Doutorando em Urbanismo. No início da actividade profissional colaborou com o do Arquitecto Jorge Mário Jáuregui (Prémio Mies van der Rohe 1999) no Rio de Janeiro, onde fez parte da equipa vencedora do prémio Caixa Económica Federal 2004, com o Projecto “Programa de Arrendamento Residencial para o Programa Favela Bairro”.

Flyer do evento. © ONU-Habitat

Wilfred Figueiredo
Arquitecto – Angola
Arquiteto pelo Darq FCT – Universidade de Coimbra. Autor em 2008 de “Oito 48 13 Treze – A habitação coletiva como substrato de urbanização 1950 – 1970”. Desenvolve desde 2010 estudos e projetos no âmbito da arquitetura e urbanismo em Luanda, equilibrando a relação emotiva com o lugar onde nasceu e cresceu e o olhar privilegiado sobre o espaço físico como base documental para novas interpretações.

Rogério de Brito
Arquitecto – Angola
Arquitecto pela ESBAL-DA (actual Faculdade de Arquitectura de Lisboa) em 1983. Começou a actividade profissional ainda estudante da faculdade como colaborador do Arquitecto Barros da Fonseca. Discípulo dos arquitectos Tomás Taveira e João Luís Carrilho da Graça, terminada a formatura, emigrou para o Brasil, onde se estabeleceu e trabalhou por 7 anos até 1990.

Gauthier da Silveira
Arquitecto – Angola
Nascido em 1978, Artista plástico, Arquitecto e urbanista, licenciado pela universidade Agostinho Neto, Faculdade de Engenharia, departamento de Arquitectura, membro da Ordem dos Arquitectos de Angola sob o Nº 0358, fundador da empresa ENG & ARQ, consultoria Limitada, promotor imobiliário na empresa Gavilo Empreendimento Su, como Director técnico.

Pedro Vemba
Arquitecto – Angola
Natural do Uíge, nascido à 03 de Fevereiro de 1985. Licenciado em Arquitectura e Urbanismo pela Universidade Metodista de Angola(U.M.A). Possui formação em Agregação Pedagógica para Docentes universitários pela Universidade Óscar Ribas , Desde 2014 que trabalha em Filantrópia e como Docente. Em 2016 foi indicado como Educador Social e Embaixador da Firstgeneration (Angola).

Allan Cain
Arquitecto – Angola
É um arquiteto e especialista em desenvolvimento urbano e é director da Development Workshop Angola. Formado em Estudos Ambientais, fez seus estudos de pós-graduação na Architectural Association (Londres, Reino Unido) e outros estudos especializados na Harvard Business School. Possui mais de 35 anos de experiência profissional em Angola.

Paulo Filipe
Agrónomo – Angola
Especialista em segurança alimentar e nutricional e consultor para projectos de desenvolvimento do sector agrícola familiar. É formado em Agricultura e Recursos Naturais no Zimbabwe com mestrado em Política de Desenvolvimento Internacional com concentração em Macroeconomia do Desenvolvimento pela Universidade de Cornell, Nova York.

Belisário Santos
Jurista – Angola
Foi até recentemente, Inspector Geral da Administração do Território e, Director Nacional da Administração Local do Estado, do Ministério da Administração do Território. Está há anos engajado em processos de reforço da capacidade organizacional e institucional das Administrações Municipais e Cidades, principalmente na elaboração de planos estratégicos, planos de desenvolvimento municipal.

Deixamos aqui o link para que possam verificar o calendário das actividades a se realizarem durante as próximas três semanas.

1 Comentário

Deixar uma resposta

Navegar